SAC do Procon realiza mais de 2,4 mil atendimentos nos primeiros meses de 2018

O número de consumidores que foram ao SAC da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor nos primeiros três meses deste ano atingiu a marca de 2.476 atendimentos. Desse total, o percentual de resolução positiva chega a 80%. A assistência para orientação através do 0800 083 2015, que não entra na totalização de atendimento do SAC, tem uma média de mais de 100 ligações mensais.

A média de visitas diárias ao Serviço de Atendimento ao Consumidor na sede do Procon-JP é em torno de 80. “Salientamos que o atendimento em nosso SAC vai desde dúvidas e pedidos de orientações por parte dos consumidores, até à abertura de reclamação, que são aqueles casos em que se precisa abrir um processo administrativo”, esclarece o secretário Helton Renê.

Ele acrescenta que nesse número de atendimentos está também os contatos através das linhas diretas. “Nossos números do SAC, que retiramos através do registro no Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), também entra o contato feito com as empresas demandadas via linha direta e, que, via de regra, tem resultado positivo em torno de 90%”.

Serasa – O secretário informa que o atendimento gratuito para a consulta de informações junto à Serasa/SPC continua a ser disponibilizado ao consumidor. “Saliento que a consulta Serasa/SPC está em pleno funcionamento na sede da Secretaria, na Avenida Pedro I, 473, Tambiá, como também no serviço móvel que percorre a cidade. Quem desejar realizar essa consulta deve levar o CPF e, no caso de informações para terceiros, deve levar uma procuração devidamente registrada em cartório”, explica Helton Renê.

Totem de Conciliação – O SAC do Procon-JP também disponibiliza ao consumidor o Totem de Conciliação, um terminal eletrônico onde a pessoa pode requerer o atendimento online através de uma negociação eletrônica via teleconferência junto à empresa demandada para resolução do problema de forma imediata. O serviço está funcionando desde o último dia 23 de março.

O Totem da Conciliação possibilita o atendimento e resolução das reclamações do consumidor diretamente com um atendente da empresa. As negociações pré-processuais e conciliações são personalizadas, com a coleta de dados e informações da demanda sendo gravadas, finalizando com o acordo sendo impresso no próprio terminal.

Prevenção – Outro ponto destacado pelo titular do Procon-JP se refere à parte preventiva. “Nós continuaremos a investir em campanhas educativas sobre os direitos dos consumidores que são garantidos através da legislação pertinente. Trabalhar a informação através dessas campanhas é uma das formas de prevenção que encontramos para impedir que o conflito na relação de consumo se instale antes que ocorra. É um trabalho lento, mas acho que vale à pena”, explica Helton Renê.

Campanhas – O secretário informa que, em 2018, o Procon-JP já realizou diversas campanhas educativas, às vezes em simultaneidade com operações de fiscalização. “Realizamos campanhas para divulgação da legislação consumerista, a exemplo das leis básicas do CDC, das que regulam as taxas nos bancos, da que prevê a exposição de preços em compras pela internet, da que norteia restaurantes fast food e os planos de saúde, além de dicas de compras para carnaval e promoções de queima de estoque”.

Serviço de atendimento do Procon-JP

SAC – segunda-feira a sexta-feira: 8h às 14h na sede situada na Avenida D. Pedro I, nº 473, Tambiá

Telefones: segunda-feira a sexta-feira das 8h às 14h: 0800 083 2015, 2314-3040, 3214-3042, 3214-3046

MP-Procon – segunda-feira a sexta-feira: 8h às 17h na sede situada no Parque Solon de Lucena, Lagoa, nº 300, Centro

Comentários