Ruy lamenta aprovação do rol taxativo da ANS e reforça mandato em prol da saúde

O deputado Ruy Carneiro (PSC) lamentou a aprovação do Superior Tribunal de Justiça em relação ao rol taxativo de procedimentos e eventos estabelecido pela Agência Nacional de Saúde. O parlamentar se solidarizou com as famílias de autistas, pessoas com câncer e todos os outros pacientes que não possuem os tratamentos, medicamentos, terapias e cirurgias incluídos na lista da ANS.

Ruy reforçou que seu mandato na Câmara Federal segue à disposição dessa e de outras lutas que visam garantir melhores condições à saúde dos brasileiros. “Essa é uma decisão que coloca a vida de milhares de pessoas em risco. Vários procedimentos que não estão incluídos no rol da ANS são essenciais no tratamento das doenças e transtornos. Na maioria dos casos, a velocidade na realização deles vai determinar uma melhor resposta para o paciente, a exemplo dos casos de câncer. Por isso, nós precisamos fortalecer a mobilização e buscar alternativas para que isso seja solucionado da maneira mais rápida possível”, destacou.

A votação da questão aconteceu na tarde da última quarta-feira na 2ª Seção do STJ e foi aprovada por 6 votos a 3. Dessa forma, os planos de saúde não são obrigados a cobrirem tratamentos não previstos na lista, exceto em situações excepcionais

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.