Ruy diz que respeita Hervázio, mas prevê prejuízo eleitoral

O deputado federal Ruy Carneiro (PSDB) comentou hoje a especulada composição do líder de oposição na Câmara Municipal de João Pessoa com o grupo político do governador Ricardo Coutinho (PSB). Ruy, que preside o diretório do partido na capital paraibana, previu um eventual prejuízo eleitoral ao colega caso a mudança de posicionamento se confirme, o que ele não crê:

– Respeito porque é da minha natureza respeitar o contraditório. Eu acho que se isso vier a acontecer – e não tenho esse fato como 100% certo – é preciso entender que Hervázio chegou a um bom resultado eleitoral porque era um ferrenho crítico do atual governador. Pressuponho que a maioria dos eleitores de Hervázio sejam maranhistas ou ciceristas e não devem estar muito satisfeitos com essa postura que deve causar um dano eleitoral no futuro, mas a decisão é dele. Quem defende que o partido tenha candidatura própria, não pode achar bom perder um vereador da qualidade de Hervázio Bezerra.

Em entrevista direto de Brasília, de onde se deslocava para a capital paraibana no início da tarde, Ruy ainda comentou a especulada tese de aglutinação do PSB com o PSDB em João Pessoa para o pleito de 2012. Pelo que tem sido comentado nos bastidores da política, os socialistas estariam trabalhando para atrair os tucanos para a condição de vice na chapa de Luciano Agra, que deve disputar a reeleição. Ruy, contudo, não concorda e defende que seu partido tenha candidato próprio:

– Eu respeito caso seja a ser voto vencido. Mas, acho que a questão é definida como caso de ator principal e coadjuvante. O PSDB foi governo recentemente com Cássio Cunha Lima por duas vezes, tivemos Cícero Lucena na prefeitura de João Pessoa. O partido que não concorre e não tenta ganhar prefeitura e governo, vira coadjuvante. No meu entendimento e da nacional sobre isso, não disputar enfraquece o partido. O PSDB tem que ter candidato.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.