Ruy defende Cícero e afirma que não houve incorreção no PSDB

O deputado estadual Ruy Carneiro (PSDB) defendeu hoje o senador Cícero Lucena (PSDB) presidente da sigla na Paraíba das críticas do também deputado Zenóbio Toscano (PSDB) que propôs a realização de eleição para substituir o comando do ninho tucano no Estado, alegando que Cícero, ao apoiar José Maranhão (PMDB) teria agido contra o interesse da agremiação.

Para Ruy, contudo, a dissidência de Cícero Lucena, assim como de outros líderes tucanos, foi legitimada pela "liberação" acertada no momento em que a pré-candidatura do senador ao Governo foi retirada da disputa.

– Acho muito cedo para isso [discussão de eleição para presidente do PSDB]. É importante colocar que ninguém agiu incorretamente. O partido estava liberado. Ruy Carneiro seguiu o caminho da neutralidade. Deputado fulano apoiou Maranhão, enquanto um outro deputado decidiu apoiar Ricardo. Todas as posições foram legítimas e públicas. Ninguém agiu com incorreção.

Finalmente, apesar de toda a crise que reina no PSDB desde a campanha eleitoral, Ruy Carneiro declarou não acreditar num rompimento total entre Cássio Cunha Lima e Cícero Lucena:

– Não acredito numa separação política entre Cássio e Cícero. Logicamente, nas próximas semanas, o partido deve analisar a eleição e esse fato que foi a exceção da exceção, porque em todas as eleições o nosso grupo político esteve junto. O que houve foi um fato novo de convivência que tende a ser superado.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.