Ruy articula sessão especial na AL para debater atrasos no Bolsa Atleta

O presidente estadual do PSDB, Ruy Carneiro, está articulando junto à bancada do partido uma sessão especial na Assembleia Legislativa para falar sobre os atrasos no pagamento do programa Bolsa Atleta por parte do Governo do Estado.

Auditoria realizada pelo Tribunal de Contas da Paraíba indica que em 2017 o programa não contou com nenhum investimento e que os atletas ainda precisam receber parcelas referentes a anos anteriores.

“Serão convocados representantes do Governo do Estado, da Secretaria de Esportes, do TCE, e os próprios atletas que têm sido prejudicados com a descontinuidade deste pagamento”, adianta Ruy. Ele conversou pessoalmente com a deputada Camila Toscano (PSDB), que coordena os trabalhos, para acertar detalhes da sessão, ainda sem data marcada.

Na última semana, a deputada também protocolou um pedido de informações direcionado ao secretário estadual de Juventude, Esporte e Lazer, Marcos Nóbrega, para que se possa esclarecer a descontinuidade no pagamento, os motivos da redução no número de atletas beneficiados e qual o prazo de regularização dos repasses (Veja documento ao lado).

A deputada Camila Toscano diz que a sessão especial dará oportunidade para que não só o Governo do Estado possa explicar a ausência de incentivo ao esporte paraibano, mas para que os atletas e representantes de federações possam expor todas as dificuldades por que têm passado para treinar e competir.

“O esporte muda vidas, forma o cidadão e dá exemplo para a juventude. Os atletas precisam ser respeitados e acompanhados e não apenas servir para fotos oficiais quando, com muita luta, conseguem trazer medalhas para o nosso Estado”, afirma a parlamentar.

Bolsa Atleta já funcionou – Em 2008, quando estava à frente da Sejel, Ruy Carneiro aprimorou o Bolsa Atleta através da Lei 8.481 e do Decreto 29.053. O novo projeto criou Bolsas Estudantis, Bolsas Institucionais, Rendimento Nacional e Rendimento Internacional. O atleta deveria se inscrever no programa pleiteando benefício específico e comprovar, frequentemente, seus resultados nas competições disputadas. Em 2007, o número de desportistas atendidos pelo Bolsa Atleta na Paraíba era de 288. O projeto de Ruy Carneiro elevou esse número em 52,4% – em 2009, eram 439 contemplados. Hoje, este número não deve chegar aos 300 beneficiados.

Comentários