Ruy afirma que Granja Santana deixará de ser residência oficial

 O candidato a vice-governador da coligação A Vontade do Povo, deputado Ruy Carneiro (PSDB), confirmou, em entrevista à TV Correio, nesta sexta-feira, que o senador Cássio Cunha Lima incluiu em seu plano de governo a extinção da Granja Santana enquanto residência oficial do governador.

Segundo Ruy, o Estado moderno, com cidadãos mais exigentes e conscientes de seus direitos, não suporta mais uma residência oficial, como a Granja Santana, com despesas entre R$ 100 mil e R$ 150 mil por mês como estaria ocorrendo no momento. A proposta, de acordo com o candidato a vice-governador, tem por objetivo cortar privilégios e mordomias.
 
Ruy Carneiro não chegou a anunciar o destino da Granja Santana, mas o próprio candidato a governador, Cássio Cunha Lima, já adiantou que o espaço deverá ser transformado em um parque ecológico para uso da população.
 
Violência
 
Durante a entrevista, o deputado Ruy Carneiro voltou a protestar contra os elevados índices de violência no Estado e, particularmente, em João Pessoa. “No governo Cássio, João Pessoa era a quarta cidade mais tranquila do Brasil. Hoje, a Capital da Paraíba é a nona cidade mais violenta do mundo. Essa situação é inaceitável e revela o descaso do atual governo para com a segurança”, disse o candidato a vice-governador.
Ruy garantiu que a gestão Cássio fará investimentos qualificados na segurança para o Estado estabelecer o controle sobre a violência.
 
Saúde: parceria com os municípios
 
Em relação aos graves problemas vividos pela saúde no Estado, o deputado Ruy Carneiro disse que, se a coligação A Vontade do Povo vencer as eleições, a futura gestão Cássio Cunha Lima voltará a fazer parcerias com os municípios para a reabertura de hospitais no interior e mudará o modelo de gestão dos hospitais públicos, vários deles hoje administrados por organizações privadas.
 
Cheque moradia
 
O deputado Ruy Carneiro também admitiu que uma futura gestão Cássio Cunha Lima também poderá retomar o programa Cheque Moradia, para ampliar os programas de construção de  casas populares existentes, a exemplo do Minha Casa, Minha Vida.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.