Roseana abre audiência com “carão” em Eliza Virgínia e manifestantes

A secretária de Saúde de João Pessoa, Roseana Meira, iniciou sua fala durante a audiência pública na Câmara Municipal, passando "um carão" na vereadora Eliza Virgínia (PPS), uma de suas principais críticas. Ela destacou que a legislação do SUS não exige a presença do gestor da Saúde três vezes ano ano para prestar contas no legislativo municipail, mas explicou que a equipe técnica da Secretaria pode prestar esses esclarecimentos:

– Só queria lembrar que a legislação do SUS e uma portaria determina que os gestores da Saúde tem que prestar contas três vezes ao ano e existe uma inexperiência de alguns, inclusive de uma vereadora, e isso quer dizer que a gestão da Saúde tem que estar na Câmara. Eu vim em algumas ocasiões. Em outros momentos, a equipe técnica veio. Outra coisa é que é importante que a gente saiba se comportar nos espaços democráticos.

A última afirmativa se referiu às vaias recebidas por ela vindas de populares que lotaram a galeria da Casa de Napoleão Laureano.

Antes de Roseana, o vereador João Almeida (PMDB) solicitou ao presidente da Câmara, Durval Ferreira, que fosse facultada a palavra a lideranças comunitárias e sindicais. Ele também pediu que o plenário fosse aberto à presença de populares, o que foi negado pela mesa diretora por causa da grande aglomeração de pessoas nas dependências da Câmara.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.