Roosevelt Vita é exonerado da Controladoria Geral do Estado

O Diário Oficial do Governo do Estado circula hoje com uma informação surpreendente. Um dos mais tradicional aliados do governador José Maranhão (PMDB), o advogado Roosevelt Vita foi exonerado de seu cargo de Secretário Chefe da Controladoria Geral do Estado, Símbolo CDS-1. O ato governamental destaca que a saída de Vita da administração estadual se deu "a pedido".

A exoneração se deu um dia depois do governador José Maranhão retornar ao cargo do qual esteve licenciado por 15 dias, tendo sido substituído pelo presidente do Tribunal de Justiça do Estado.

Informações extraoficiais dão conta de que o advogado voltará ao cargo na segunda-feira, 4 e que sua exoneração aconteceu apenas para que ele pudesse atuar em atividades de campanha no final de semana sem criar embaraços para o Governo.

Confira a íntegra do ato:

Ato Governamental nº 2.885 João Pessoa, 01 de outubro de 2010.

O GOVERNADOR DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 86, inciso XX, da Constituição do Estado, e tendo em vista o disposto no art. 33, inciso II, da Lei Complementar nº 58, de 30 de dezembro de 2003, e na Lei nº 8.186, de 16 de março, c/c a Lei nº 8.235, de 31 de maio de 2007,

R E S O L V E exonerar, a pedido, ROOSEVELT VITA, Matrícula nº 151.925-5, do cargo de provimento em comissão de Secretário Chefe da Controladoria Geral do Estado, Símbolo CDS-1.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.