Rômulo explica que vice-governador não pode aparecer “demais”

O vice-governador da Paraíba, Rômulo Gouveia (PSD), explicou durante entrevista ao Tambaú Debate o papel que exerce na administração estadual e as atribuições que lhe são confiadas pelo governdor Ricardo Coutinho (PSB). Entre as funções que tem abraçado estão as articulações com os prefeitos do interior e várias audiências mantidas nos ministérios em Brasília. Além disso, Rômulo explicou que o vice não deve "aparecer demais"
 
– Em Brasília, tenho acompanhado muitas ações de interesse do Governo. Há muitos ministros que foram meus colegas na Câmara dos Deputados e me ajudam muito. Tenho acompanhado a liberação de emendas e também tenho sido um tanto ouvidor, tenho funcionado como uma ouvidoria do Governo. Recebo agentes políticos como prefeitos, vices, vereadores… o governador me escuta e temos uma dinâmica de comunicação que se dá muito por mensagem, email… hoje não dá mais para esperar para resolver tudo numa audiência na Granja. O vice-governador não deve aparecer demais. Eu tenho que trabalhar nos bastidores porque quem tem que aparecer é o governador. Procuro não colar muito nele. Se o governador vai a uma reunião, eu vou a outra.
 
A entrevista foi concedida no horário de convergência de mídias, pela TV Tambaú, Nova Tambaú FM e portal Tambaú 247.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.