Rômulo cobra à PF divulgação de candidatos envolvidos com traficante

O candidato a vice-governador pela coligação Uma Nova Paraíba Rômulo Gouveia (PSDB) vai fazer uma visita a Delegacia da Polícia Federal (PF) em Campina Grande, às 14h desta sexta-feira (29), para pedir que a corporação intensifique a fiscalização nessas horas que antecedem a eleição e que divulgue o nome do candidato envolvido com o traficante da cidade que foi preso com material de campanha e títulos eleitorais.
“Acho que é preciso seguir aquele ditado popular e "dar nome aos bois". A sociedade precisa saber quem está envolvido nesse escândalo. Essa é uma situação muito grave, que envolve tanto a compra de votos como a estreita ligação da política com o narcotráfico. Isso não pode ficar impune”, afirmou.

Além de pedir a divulgação e punição dos envolvidos nesse caso, Rômulo disse que também vai solicitar a PF intensifique as investigações sobre as denúncias de compra de votos na cidade nessa reta final da campanha.

Ele lembrou ainda outros episódios ocorridos na cidade que justificam uma maior ação da Polícia Federal, a exemplo do que ocorreu na semana passada, quando advigados da coligação Uma Nova Paraíba e até policiais federais foram vítimas do abuso de poder por parte da Polícia Militar. “Tememos pela violência que está tomando conta dessa campanha. Nós somos de paz e queremos que as instituições garantam uma eleição limpa, com isonomia para os candidatos”, afirmou.   

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.