Romero afirma que avalia aliança com João “com aval de Kassab”

Depois de muita repercussão a respeito de sua reunião com lideranças do PSDB da Paraíba na noite de ontem em Brasília, o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD) admitiu hoje que avalia a possibilidade de formar uma aliança com o governador João Azevêdo (Cidadania) e revelou que a interlocução começou a ser feita pelo presidente nacional de seu partido, Gilberto Kassab. Romero não oficializou a desistência, mas disse que está num processo de convencimento, mantendo o diálogo aberto com os colegas de oposição.

“Naturalmente, vou consultar as bases, com os aliados. E tudo farei se for em favor de Campina Grande. Tem muita especulação. O primeiro político com quem eu conversei foi Cássio Cunha Lima. Não estou agindo com jogo duplo e nem com bola nas costas. Quem me trouxe primeiro essa informação foi o presidente nacional de meu partido, Gilberto Kassab, numa conversa em Brasília”, disse ele sobre a aproximação com o governador. Ele ainda comentou o encontro que teve na noite de ontem com os líderes do PSDB na casa de Cássio Cunha Lima, também em Brasília: “Tivemos uma reunião bastante demorada e talvez façamos a continuação dela hoje. A política é a arte do diálogo. Temos que ver se é possível ou não. Estou num processo de convencimento. Se me convencerem…”, comentou Romero.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.