Rodrigo Soares nega manobra para barrar Dutra e diz que tese é falácia

A vinda do candidato a presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra à Paraíba, hoje, continua rendendo polêmicas internas. O deputado estadual Rodrigo Soares conversou com o Parlamentopb e negou, como foi dito por aliados de Luiz Couto, que tivesse tentado barrar a visita do ex-presidente da Petrobras à capital paraibana. Segundo ele, a atitude seria "sem lógica".

"Eu estive no evento, apóio Dutra, como é que eu iria barra-lo? Isso não tem lógica. É falácia. Fomos nós que salvamos o ato de lançamento da candidatura dele na Paraíba. Se nossa militância não tivesse ido, não teria tido ninguém", disse o parlamentar estadual.

Rodrigo também negou que tenha tentando articular um encontro de José Eduardo Dutra com o governador da Paraíba, José Maranhão (PMDB) cedendo, inclusive, um avião para transportar o petista a seu destino depois da conversa com o chefe do executivo paraibano:

"Isso não condiz com a realidade dos fatos. A agenda de Dutra é nacional, foi fechada previamente e nem seria necessário que eu articulasse conversa alguma. Eles têm contato. De ontem para hoje, o governador Maranhão conversou duas vezes com Dutra", resumiu.

Em síntese, Rodrigo disse ainda que sua candidatura a presidente do PT segue a mesma postura de Dutra em nível nacional: "Nós defendemos um amplo diálogo interno e a unidade do PT. Prova disso é que no evento de José Eduardo Dutra estavam os companheiros Frei Anastácio e Giucélia Figueiredo que sequer votam nele. Nossa campanha privilegia o diálogo".

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.