Rodrigo Soares ameaça enquadrar Walter Aguiar e vice-presidente se insurge

O presidente estadual do PT da Paraíba, Rodrigo Soares, reagiu duramente à convocação do Engenheiro Civil Walter Aguiar para a coordenação do programa de Governo de Ricardo Coutinho (PSB). Rodrigo comunicou a Walter que a função não seria compatível com a atuação dele no partido, do qual deveria se licenciar. A outra alternativa seria recusar o convite do PSB. O assunto deve ser debatido na reunião da executiva estadual na próxima terça-feira.

A propósito deste "enquadramento", o vice-presidente do PT paraibano, Anísio Maia, reagiu com críticas. Para ele, o PT estaria ameaçando a militância, ao invés de tentar conquistá-la:

– Em vez de procurar dialogar com o partido como um todo eles fizeram um "arranjo político" que contempla apenas uma minoria e querem que o partido todo aceite. Não procuram conquistar a militância, mas sim ameaçá-la. Não discutem no interior do partido propostas politicas, apenas administram cooptações. Terminam agindo como se fossem capatazes fiscalizando quem é totalmente fiel ao acordo deles ou não".

Além disso, Maia afirma que a eventual punição a Walter Aguiar não faria cessar a insatisfação da militância petista com a condução da política de alianças do partido:

– Walter aguiar como é figura pública pode até ser enquadrado, quero ver eles enquadrarem as centenas de militantes insatisfeitos do interior. Vão organizar um pelotão de fiscalização para esta tarefa? Está na hora de abrirmos os olhos e cobrarmos desta direção uma política transparente. A propósito, qual é a proposta política que o PT vai apresentar para José Maranhão? É isso que a militancia está cobrando.

 

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.