Rodrigo Marques toma posse no TRE na segunda-feira

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) empossará, nesta segunda-feira, 18, o magistrado Rodrigo Marques Silva Lima com membro substituto na Corte Eleitoral, na categoria de juiz de direito. A solenidade será realizada em sessão ordinária, às 16h, na Sala de Sessões do edifício sede do TRE-PB.

O Tribunal de Justiça da Paraíba aprovou a indicação de Rodrigo Marques para compor a Corte Eleitoral em sessão realizada dia 8 de abril, em decorrência do término do biênio do juiz substituto João Alves da Silva.

Perfil – Rodrigo Marques Silva Lima é natural de João Pessoa, nascido em 2 de Outubro de 1973. Bacharelou-se em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal da Paraíba em 28 de Dezembro de 1995 e realizou o Curso de  Preparação para a carreira de juiz na Escola Superior de Magistratura do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba (ESMA/TJ-PB), em 1996.

Tem especialização em Gestão em Gestão Jurisdicional de Meios e Fins, promovido juntamente pelo Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ), pelo Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ-PB) e pela ESMA.

Iniciou sua carreira como advogado militante escrevendo-se na Ordem dos Advogados do Brasil, Secção Paraíba (OAB-PB), no ano de 1996. Atuou como delegado da Polícia Civil de Carreira no Estado do Rio Grande do Norte, com aprovação em 5º lugar no V Curso de Formação para Delegados de Polícia Civil, realizado em 1997 pela Escola de Polícia (ESPOL) da Secretaria de Segurança Pública, em Natal.

Ingressou na Magistratura como juiz de Direito pelo Concurso para Magistrados da Paraíba, sendo nomeado em 1º de Outubro de 1998. Foi juiz eleitoral e juiz diretor do Fórum da Comarca de Sumé (43ª Zona Eleitoral), em 1998; atuou como juiz corregedor eleitoral auxiliar, junto ao TRE-PB, nas eleições de 2002, nas eleições de 2004 atuou como juiz auxiliar da propaganda eleitoral do TRE-PB em Campina Grande (71ª Zona
Eleitoral).

Rodrigo Marques foi convocado para integrar o Tribunal de Justiça da Paraíba, substituindo os desembargadores Saulo Henriques de Sá e Benevides e Maria de Fátima Moraes Bezerra Cavalcanti, respectivamente em 2007 e 2008.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.