Rodrigo diz que se depender dele, Cartaxo será 113% vice-governador

O deputado estadual Rodrigo Soares, presidente estadual do PT, comentou hoje diretamente as críticas feitas a ele pelo vice-governador Luciano Cartaxo (PT), acusando o "relaxamento" do dirigente em relação ao cumprimento de uma resolução aprovada pela instância estadual do partido e que prevê a manutenção de seu nome como vice na chapa encabeçada por José Maranhão (PMDB). O deputado afirmou que se depender dele e do PT, o assunto está resolvido.

– Se depender do PT, é 100% do PT estar na vice-governadoria com Luciano Cartaxo. Se depender da conjuntura política, há 99% de chances do PT estar na vice. Posso dizer porque o PMDB está consolidando Wilson Santiago e Vital Filho para o Senado. Existe já uma decisão do governador com o PT de que o partido está na chapa majoritária. Nós estamos indicando Luciano Cartaxo e isso está sendo construído com o governador. Deveremos ter uma reunião nos próximos dias com o governador para que possamos consolidar esse processo. Se depender de Rodrigo Soares, é 113% de chance de Luciano ser reconduzido na chapa que estamos construindo com o PMDB.

Revide – Criticado pelo superintendente do Sebrae, Júlio Rafael e pelo deputado federal Luiz Couto por causa do "relaxamento" citado por Cartaxo, Rodrigo devolveu hoje a provocação aos colegas de partido. O presidente do PT da Paraíba apelou para que ambos e mais o professor Wallene Cavalcanti assinem o manifesto de apoio à aliança com o PMDB, à reeleição do governador José Maranhão e a indicação de Luciano Cartaxo como pré-candidato a vice na chapa majoritária. Segundo ele, esse manifesto reforça a resolução aprovada no último congresso estadual do PT, realizado entre os dias 9 e 11 de abril e sela a aliança com o PMDB.

– A união no PT é importante neste momento para o projeto de Dilma Rousseff de disputar a sucessão do presidente Lula e no fortalecimento da composição com os peemedebistas na Paraíba”, ressaltou.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.