Robô acha e resgata caixa-preta do voo 447 da Air France

RIO – O robô Remora 6000, que na semana passada começou a missão de mergulho nos destroços do avião Air France , localizou na manhã deste domingo uma das caixas-pretas do voo 447, que caiu em 2009 com 228 pessoas a bordo. As informações são do Escritório de Análises e Investigações da França (BEA, na sigla em francês). A memória guarda os dados e gravações de voz que podem ajudar a determinar as causas do acidente há quase dois anos.

 
Na semana passada, o robô encontrou o chassi da caixa-preta. O chassi foi encontrado perto de outros destroços do avião. A localização da caixa-preta era uma prioridade desta quinta fase de buscas. As coordenadas geográficas precisas dos destroços foram obtidas através da análise das fotos tiradas por outros robôs submarinos que localizaram a fuselagem no início de abril .
 
A missão francesa tenta ainda resgatar os corpos que também estariam junto com os destroços. Na semana passada, no entanto, a Associação dos Familiares de Vítimas do Voo 447 enviou uma carta à presidente Dilma Rousseff solicitando uma audiência da chefe de Estado com mulheres que perderam parentes no acidente. Segundo Nelson Faria Marinho, presidente da associação, há uma série de reivindicações a serem feitas, entre elas a de que os corpos não sejam levados para a França, como o governo francês pretende fazer.
 
 
Globo
 

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.