Roberto vota pela aprovação de créditos para compra de submarinos

Um dia após o lançamento do marco regulatório para exploração do pré-sal, integrantes da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado Federal autorizaram o Governo Federal a contrair empréstimo de 6 bilhões de euros para financiar a construção de submarinos e equipar as Forças Armadas.

Membro da CAE, o senador Roberto Cavalcanti (PRB) defende incremento na segurança do país para o combate da pirataria biológica e defesa das riquezas nacionais, entre os quais petróleo e reservas hídricas.

“Os aviões e os submarinos ajudarão no trabalho das Forças Armadas de proteção às riquezas e fronteiras brasileiras”, disse.

O senador paraibano, que recentemente visitou o alto comando da Marinha em Brasília, foi convidado pelo Almirante-de-Esquadra Marcos Martins Torres para conhecer de perto o desenvolvimento de um projeto de submarino movido a reator atômico.

“No começo deste mês estarei vivendo esta experiência de mergulhar no submarino que está sendo desenvolvido pela Marinha”, revelou Cavalcanti.

A maior parte do empréstimo autorizado hoje (4,3 bilhões de euros financiará a construção do submarino nuclear e mais quatro convencionais do tipo Scorpène.

Os recursos serão aplicados ainda na construção de um estaleiro e de uma base para submarinos na Baía de Sepetiba (RJ). 

Os outros 1,7 bilhões de euros serão aplicados no Projeto H-X BR, com o objetivo de produzir 50 helicópteros de médio porte e aeronaves modelo EC 725, a partir de parceria entre a empresa francesa Eurocopter e a brasileira Helibrás.

As duas mensagens presidenciais seguem agora para Plenário, onde serão votadas em regime de urgência. Os recursos devem ser contraídos junto a um consórcio de bancos.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.