Roberto Cavalcanti vota favorável à eleição direta para substituir cassados

O senador Roberto Cavalcanti (PRB) votou favorável a realização de eleição direta em caso de cassação de governadores e prefeitos, e seus respectivos vices. O parlamentar paraibano também se posicionou favorável a livre manifestação de idéias políticas na internet (sites, blogs, redes sociais) e em outdoors.

As emendas à reforma eleitoral foram apreciadas na tarde desta terça-feira 15 no plenário do Senado Federal. O Senado decidiu favorável a liberdade de campanha na internet, mas vetou o uso dos outdoors. 

“Mesmo votando contrário a orientação do meu partido, que apoiou a rejeição aos outdoors, votei favorável pois acredito que todos os meios de comunicação devem ser liberados para a livre manifestação de idéias”, argumentou o senador.

Atemporalidade – No caso das eleições diretas, Roberto Cavalcanti defendeu em plenário que elas ocorram em qualquer tempo do mandato. 

Ele observou que a escolha dos substitutos dos afastados dos cargos não deve ser atribuída às câmaras municipais e assembléias legislativas.

“Não é uma medida acertada deixar esta escolha nas mãos das casas legislativas, o povo é que deve se pronunciar e escolher seus novos representantes”, defendeu Cavalcanti.

Apesar da aprovação, muitos dos senadores que discutiram a matéria manifestaram preocupação de que a medida poderá não vingar em virtude de uma suposta inconstitucionalidade ou de sua dificuldade de ser colocada em prática quando o afastamento do chefe do executivo se der no último ano de mandato.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.