Ricardo vai hoje à PF pedir apuração contra “campanha de baixaria”

O candidato ao Governo do Estado, Ricardo Coutinho (PSB), vai pedir pessoalmente ao superintendente da Polícia Federal da Paraíba, Sinomar Maria Neto, para tomar providências e iniciar uma investigação rigorosa contra os autores da campanha difamatória contra sua candidatura, via panfletos anônimos espalhados em todas as cidades paraibanas. Segundo sua assessoria, o socialista também vai formalizar acusações de derrame de dinheiro estaria sendo promovido pelo governador, que tenta seu quarto mandato ao Governo da Paraíba.

O encontro de Ricardo com Sinomar Neto ocorre hoje, às 14h, na sede da Polícia Federal, localizada no bairro de Intermares, em Cabedelo.

Nos últimos dias, vários panfletos sem autoria tem sido distribuídos por todo o Estado acusando Ricardo de ter se aliado com forças do mal, usando fotos de obras de arte espalhadas em vários locais na Capital. No seu guia eleitoral, Ricardo ressaltou a sua fé cristã e reafirmou seu compromisso e respeito pelo povo paraibano, bem como condenou as várias outras calúnias como a de que vai acabar com o programa pão e leite, demitir servidores, fechar o hospital Arlinda Marques e a Cehap quando for eleito.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.