Ricardo questiona apoio de Major Fábio e ignora rompimento

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), comentou hoje à noite a declaração do deputado federal Major Fábio (DEM) que decidiu não apoiá-lo mais depois que ele declarou que não poderá pagar a PEC 300. Ricardo não demonstrou preocupação e disse que está dedicado ao estudo de matérias mais importantes.

– Ele estava me apoiando? Há posturas individuais que querem somente sobrevoar as necessidades básicas dos quais alguns foram cúmplices no processo de enganação da Polícia Militar. Polícia Militar e Civil foram enganadas e tem gente que hoje está temerosa por que talvez tenha participado desse processo todo e ajudou a enganar os policiais para tirar proveito. Quando a lei do bom senso prevalece, não é possível isso.

Além do rompimento do deputado democrata, Ricardo também citou o compromisso que firmou com as polícias a respeito da inclusão da categoria em políticas públicas sociais. Ele deixou claro a sua intenção de aumentar os salários, mas segundo ele, nesse momento esse aumento é inviável. 

– Eu tenho compromisso com a polícia. Primeiro incluir nas políticas públicas sociais, coisa que nunca foi feito antes, nem pensado. Nos próximos dias vou assinar uma carta compromisso com a Caixa Econômica para habitação dos policiais militares. Eu quero efetivamente melhorar os salários dos policiais, mas não pode ser feito com demagogia, enganação, com assinatura de um decreto ou de uma lei, e sim com a condição econômica real. E nesse momento não é possível, todos sabem disso. Se alguém quer efetivamente dizer que deixou de apoiar eu pergunto: e apoiou mesmo e estava onde no segundo turno? 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.