Ricardo Marcelo vai lutar por nova sede para Assembleia

 
“Meu compromisso é com o Poder Legislativo. Vamos trabalhar incessantemente para que continuemos a ter um Poder forte, eficiente e eficaz". As afirmações foram dadas pelo deputado estadual Ricardo Marcelo (PSDB) após ser reeleito presidente da Assembleia Legislativa para o biênio 2013/2015. Ele pediu a unidade dos 36 parlamentares, na luta pela construção de uma nova sede do Poder Legislativo Estadual.
 
Também foram colocadas como metas para gestão que se estende até 2015 a implementação do programa de transparência dos atos, receitas e despesas do Poder Legislativo, a implantação dos canais abertos da TV e da rádio ALPB.
 
Ao falar à imprensa sobre a ideia de construção de uma nova sede do Poder Legislativo, Ricardo Marcelo lembrou que já existe uma área doada pelo Governo do Estado no Altiplano Cabo Branco, mas a atual gestão tem que buscar parcerias que viabilizem a construção e tem que resolver todas as questões que envolvem a legislação ambiental, para que não haja qualquer impecilho nesse projeto.
 
O presidente ressaltou ainda a hipótese de contratação de uma equipe para o treinamento dos servidores da Casa, objetivando ainda mais eficiência e modernização do Legislativo Estadual.

Ricardo Marcelo reforçou sua intenção de, dentro das possibilidades orçamentárias, promover a realização de concurso público para preenchimento de vagas no quadro efetivo. O concurso, conforme ele ressaltou em outras ocasiões, atenderia prioritariamente a área de técnicos legislativos e a Procuradoria Jurídica da ALPB. 
 
Ele garantiu que vai continuar com a mesma postura à frente da Mesa Diretora, defendendo um Legislativo forte e respeitado. "Quando nos unimos, vencemos qualquer obstáculo. Podem ter certeza que à frente do Poder Legislativo existe uma pessoa ponderada e equilibrada”, afirmou o presidente. "Não mudei e não vou mudar. Vamos trabalhar cada vez mais para ter uma Casa em harmonia, mas uma Casa moderna, com eficiência na prestação de serviços aos cidadãos".

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.