Ricardo, Fábio e Vital faltam e Cássio enfrenta protesto na UEPB

Apenas três dos seis candidatos ao Governo da Paraíba compareceram hoje de manhã ao debate realizado pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Campina Grande. Ontem, através de nota, o governador que disputa a reeleição afirmou, indiretamente, que não considerava o evento "sério". Já o senador Vital Filho (PMDB) informou que não poderia comparecer por causa de suas atividades na CPI da Petrobras, em Brasília. Já o Major Fábio preferiu manter visitas a lideranças de João Pessoa e uma entrevista no início da tarde na capital.
 
Enquanto isso, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), enfrentou vaias e um protesto protagonizado por alguns estudantes que exibiram cartazes chamando-o de "ficha suja". Cássio aproveitou seu tempo para criticar o atual governador e acusá-lo de gerar um retrocesso na relação com a universidade estadual.
 
"Queria lembrar alguns avanços que tivemos ao tempo em que fui governador do Estado e reconhecendo, sempre, claro, que temos um longo caminho a percorrer na melhoria da educação, mas foi no nosso governo que levamos o ensino médio a todas as cidades. A Paraíba tinha 57 municípios que não tinham um único estabelecimento de ensino médio. Foi no nosso governo que a UEPB conquistou sua autonomia e que antecipamos em dois anos a média do Ideb, que implementamos o plano de cargos, carreira e remuneração do magistério. Mas, não é momento de olhar para o passado, mas de analisar o presente e projetar o futuro e o que estamos vendo é um retrocesso gravíssimo na prática política do atual governo…"
 
O discurso inicial de Cássio foi interrompido por gritos de "ficha suja" alternados por outros de "Cássio, Cássio!".
 
"As manifestações são democráticas e devem ser respeitadas. Eu quero apenas ter o direito de concluir meu pensamento e apresentar as minhas propostas para esta universidade e isso também é democrático… A intolerância começa quando não se sabe ouvir. Quero apresentar minhas propostas e agradecer às manifestações".
 
O mediador do debate, Morib Macedo, alertou ao público que as manifestações poderiam prejudicar o uso de tempo dos candidatos.
 
"Estamos tentando conter as manifestações, mas elas acabam prejudicando o desempenho dos candidatos, infelizmente", disse Morib.
 
Além de Cássio, Tárcio Teixeira (PSOL) e Antônio Radical (PSTU) também participam do debate na UEPB.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.