Ricardo endurece discurso e chama Maranhão de “biônico” e “irresponsável”

O ex-prefeito de João Pessoa Ricardo Coutinho (PSB) fez ontem à noite o que pode ser classificado como seu mais contundente discurso contra o governador José Maranhão (PMDB) até agora. Ao lado de Cássio Cunha Lima (PSDB) e Efraim Morais (DEM), no Parque Ivandro Cunha Lima, ele se referiu ao chefe do executivo paraibano como "biônico" e chegou a dizer que ele havia cometido atos de irresponsabilidade, como a não conclusão de 300 casas no conjunto das Três Irmãs, em Campina Grande.

Para o socialista, os R$ 43 milhões empregados em ações de publicidade poderiam ser usados para concluir as obras habitacionais da Rainha da Borborema:

– Um governo sério concluiria o conjunto das Três Irmãs, que por irresponsabilidade do governador biônico foi completamente depenado porque ele não deu continuidade às obras que Cássio estava fazendo. Esse governo acha que é mais importante jogar dinheiro fora em propaganda mentirosa do que chamar para si a responsabilidade de diminuir o déficit habitacional da Paraíba. Eles pararam tudo de 2009 para cá.

Em seu discurso, que pode ser conferido no áudio anexo, ele afirmou que o governador estaria "isolado" e "desesperado" e ainda acusou José Maranhão de ter se apropriado de obras iniciadas pelo antecessor Cássio Cunha Lima:

– O governo parece que perde a noção do ridículo e não consegue ver que a Paraíba avançou muito em sua consciência nos últimos anos. Esse governo vai para Capivara, uma adutora já inaugurada por Cássio e faz outra inauguração, e nem meia dúzia de meninos para tomar banho embaixo do chuveiro tinha. O povo não é bobo porque já sabia quem tinha inaugurado aquela obra.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.