Ricardo Coutinho se reúne com médicos em greve em Campina Grande

O governador eleito da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB) se reunirá, na manhã desta sexta-feira, 10, na Associação Comercial de Campina Grande (AACG), com médicos anestesiologistas e ortopedistas, do Hospital de Urgência e Emergência do município,  que suspenderam suas atividades e, consequentemente, o atendimento à população.

Após uma reunião prévia, ocorrida na noite desta quinta-feira, 9, com representantes das cooperativas médicas, Ricardo Coutinho  defendeu avanços para saúde e a normatização dos serviços. “Nosso compromisso é com a população e com a normatização dos serviços. Pretendemos discutir os problemas apresentados pela categoria, com a intenção de saná-los, tão logo assumirmos o governo do Estado em janeiro”, avaliou o governador eleito.

A paralisação, segundo Henrique César Feitosa, presidente da Cooperativa Campinense dos Anestesiologistas, se deu em virtude da insegurança que eles têm em relação ao recebimento dos salários neste final de ano. O problema, segundo ele, ainda reside no fato de não existir um contrato formal entre o hospital e o segmento.

“Contamos com o apoio do governador eleito Ricardo Coutinho, bem como com o atual secretário de Saúde do Estado, José Maria de França, para se tentar resolver o impasse criado após uma paralisação da categoria”, ressaltou.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.