Ricardo Coutinho ironiza crítica de Maranhão a aliança com Cássio

Apesar de dizer que não quer antecipar o debate sobre 2010, o prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB) não deixou de comentar a crítica feita pelo governador José Maranhão (PMDB) à tese de aliança entre o socialista e o ex-governador do Estado, Cássio Cunha Lima (PSDB) para as eleições do ano que vem. Enquanto Maranhão declarou que a aliança "cheirava mal", Ricardo retrucou:

"Tenho tentado não antecipar o debate, mas fico vendo como algumas pessoas esquecem o passado e tentam demonizar o futuro. No nosso Estado, tem gente que se diz terrivelmente contrária a qualquer outro político, mas já estiveram juntos. Isso causou algum equívoco para o resto da vida? Será?", indagou ele em entrevista a Sales Fernandes da Rede Paraíba Sat.

A referência de Ricardo é ao fato de José Maranhão e o grupo coordenado por Ronaldo Cunha Lima terem convivido no PMDB, até a convenção do partido, quando romperam e se tornaram adversários.

O prefeito pessoense ainda acrescentou, sobre a crítica à possível composição com Cássio: "Quem não tem projeto, se vale desse tipo de artifício. É claro que não estou me referindo absolutamente a ninguém".

O repórter quis saber, contudo, se Ricardo Coutinho estaria se referindo à aliança de Maranhão com os Cunha Lima, que durou até a convenção. Ele não titubeou:

"Evidente que sim".

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.