Ricardo Coutinho elege metas para Plano de Governo do PSB

O presidente estadual do PSB e pré-candidato ao Governo do Estado, Ricardo Coutinho, concedeu palestra para estudantes e professores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em João Pessoa, na tarde de ontem, sobre a democratização da gestão pública.

Ricardo defendeu a formação de um projeto politico fomentado em cima de três quesitos fundamentais: na consistência das politicas públicas; no que chamou de "choque de democracia" e no ciclo de crescimento econômico, baseado na valorização das potencialidades econômicas das regiões do Estado.

O socialista disse que chegou o momento do Governo do Estado começar a elaborar políticas públicas consistentes, que  comecem a interferir nos índices sociais e econômicos da Paraíba. “Precisamos planejar ações que diminuam a criminalidade; que reduzam o analfabetismo; que proporcionem a geração de trabalho e renda para a população. Para isso, precisamos contar com planejamento estratégio, que inclui o conhecimento que é produzido nas nossas universidades”, comentou.
Para ampliar a participação e o controle popular na gestão pública, Ricardo Coutinho defende a implantação do Orçamento Democrático e Participativo em âmbito estadual, além do fortalecimento dos Conselhos e deoutros instrumentos, a exemplo das Ouvidorias públicas.

“A democratização na gestão pública se faz com uma ampla rede que garanta a população e aos setores da sociedade organizada, espaço para participação na elaboração de políticas públicas, além de instrumentos de controle e fiscalização. E a democratização só acontece de forma integrada e não com ações isoladas”, opinou.

Economia – Já  o estímulo ao desenvolvimento econômico, deve ser encarado pelo Governo do Estado, segundo Ricardo como uma verdadeira obsessão. “Eu venho defendendo essa tese que o crescimento do Estado só vai acontecer quando o poder público se convencer que é o responsável direto por ele.  Sem atividades de fomento e sem ações estratégicas para proporcionar o fortalecimento dos pequenos e médios produtores, não conseguiremos gerar emprego e, consquentemente, gerar riquezas para a Paraíba”, ressaltou.

A palestra aconteceu no Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e foi organizada pelo Grupo de Pesquisa em História e Regionalização (Gruphir).

No início da noite Ricardo Coutinho condedeu entrevista a rádio 100.5 FM, em Santa Rita, aos radialistas Jean Carlos e Jaci Mendonça, do programa "A Fonte é Notícia".       

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.