Ricardo Barbosa retira projeto de lei que previa imunização compulsória

 

O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Barbosa, retirou de tramitação o projeto de lei que determinava vacinação compulsória contra a Covid 19 pelos paraibanos. Segundo ele, o número de doses que o Ministério da Saúde encaminhou ao estado é insuficiente para uma imunização em massa.

“Não há como exigir vacinação se não há doses suficientes para todo mundo”, justificou. Foram disponibilizadas apenas 114 mil doses, aí incluídas a primeira e segunda aplicações, o que significa cerca de 54 mil paraibanos imunizados.

O projeto de lei previa uma série de restrições de direitos a quem se recusasse, sem justificativa plausível, a se vacinar. “Perdeu o sentido”, disse, acrescentando: “Não vejo a hora da Paraíba ser contemplada com número suficiente de vacinas para acabar com essa terrível pandemia”.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.