Ricardo admite conversa, mas diz que não vai impor desistência do irmão

O prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB), confirmou hoje que ainda não conversou com o irmão, Coriolano Coutinho, a respeito do pedido de aliados para que ele retire sua candidatura a deputado federal. Indagado sobre a procedência da informação, divulgada pelo Parlamentopb, com exclusividade, Ricardo declarou:

"Preciso falar com ele primeiro. Eu não sou de dizer que vai ser assim e pronto. Não vou impor e dizer que o assunto está acabado. Agora, se ele me perguntar, e pela minha condição de presidente do PSB eu terei que ser perguntado, vou dizer o que penso", disse Ricardo, em entrevista à Rádio 101 FM, no programa Paraíba Agora.

Para o prefeito da capital, "o que está em jogo é a construção de um projeto que possa ser oferecido pelo PSB e por partidos aliados".

Nos bastidores do PSB, fala-se que a conversa de Ricardo e Coriolano deve acontecer ainda esta semana. Ela é resultado da queixa de aliados como Efraim Morais, Inaldo Leitão e Armando Abílio, que têm interesse direto na eleição para a Câmara Federal e se sentiam desprestigiados por causa da candidatura do irmão do prefeito.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.