Ricardo acusa Maranhão de desrespeitar servidores da Cagepa

O presidente estadual do PSB e pré-candidato ao Governo do Estado, Ricardo Coutinho, repudiou as declarações do governador do Estado, José Maranhão (PMDB), que atribuiu os problemas enfrentados pela Cagepa aos seus servidores efetivos. “Não se pode culpar o quadro de funcionários do órgão pela falta de gerenciamento e de eficácia administrativa que a estatal vem apresentando no último ano, o que vem atingindo diretamente a população da Paraíba”, disse Ricardo.

O socialista lembrou que a empresa está passando por dificuldades operacionais por culpa exclusiva da falta de planejamento do atual Governo, que prioriza obras de fachadas, ao invez de investir em uma empresa rentável e com função social, talvez pensando em desestruturá-la para sinalizar uma futura privatização, a exemplo do que fez com a Saelpa e o Paraiban quando governava o Estado.

Maranhão deu as declarações durante entrevista a emissoras de rádio de Cajazeiras, no último fim de semana. Apesar de ter privatizado a Saelpa e o Paraiban, o governador se definiu como um "antiprivacionista". Porém, ele admitiu existir graves dificuldades no órgão e atribuiu aos servidores efetivos a responsabilidade, no que ele mesmo denominou, como “irregularidades”.

“Nós temos graves irregularidades de funcionamento nos sistemas de abastecimento de água do Estado e existe muita reclamação em relação a isso por conta, inclusive, da falta de dedicação de alguns servidores efetivos do quadro da Cagepa. Essa gente em vez de dar ouvidos a politicagem desse tipo, deveria era cumprir com seus deveres porque se os servidores, principalmente os técnicos, engenheiros, gerentes regionais, pessoas encarregadas de administrar a Cagepa, fica mais fácil a gente corrigir as distorções”, declarou José Maranhão em Cajazeiras.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.