Reunião de Maranhão com bancada foi para informar sobre novo empréstimo

O governador José Maranhão (PMDB) reuniu-se ontem com os deputados estaduais de sua bancada aliada para fazer uma retrospectiva das ações já realizadas durante os nove meses de gestão e também para pedir o empenho do bloco na aprovação de um novo pedido de empréstimo que deve ser remetido ao legislativo estadual em alguns dias. Desta vez, o Governo quer tomar emprestado cerca de R$ 300 milhões. Segundo um deputado de situação, o empréstimo será contraído ao governo federal e teria sido ofertado como forma de amenizar as perdas decorrentes do decréscimo no Fundo de Participação dos Estados (FPE).

"O governador expôs que as perdas para a Paraíba chegaram a esse patamar, de R$ 300 milhões, e disse que o governo ofereceu o empréstimo que seria uma forma de repor o dinheiro que deixou de entrar no caixa do Estado", disse o parlamentar, pedindo reservas de sua identidade.

Em sua exposição, Maranhão acrescentou que espera "bom senso" da oposição porque a Paraíba não poderia "deixar de captar" os recursos previstos no pedido de empréstimo.

Bira – Durante o encontro, a denúncia feita pelo vereador Ubiratan Pereira (PSB) a respeito de superfaturamento da ordem de R$ 7 milhões na licitação da Saúde também foi comentado. O governador não entrou em detalhes, mas disse aos deputados que ontem mesmo entrou em contato com os secretários José Maria de França (Saúde) e Antônio Fernandes (Administração) e obteve de ambos a garantia de que não houve prejuízo ao Estado com o processo licitatório apontado pelo vereador. Maranhão teria dito que a denúncia era "cavilosa" e improcedente.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.