Reforma de Luciano Agra deixa PT em polvorosa

A reforma administrativa realizada pelo prefeito de João Pessoa, Luciano Agra (PSB), deixou muitas lideranças do PT da Paraíba insatisfeitas. O motivo primordial é o fato de a legenda ter perdido espaço já que a Secretaria de Transparência Pública, antes gerida pelo vereador Jorge Camilo, foi tirada do petista e entregue ao vice-presidente estadual do PSB, Edvaldo Rosas.

Além disso, as informações às quais o Parlamentopb teve acesso dão conta de que articulações de bastidores teriam sido feitas nas semanas que se passaram para que o PT tivesse, na reforma, a ocupação de uma Secretaria Adjunta. O tema chegou a ser conversado entre o prefeito e o deputado federal Luiz Couto na última quinta-feira quando o petista acompanhou o gestor em visita a obras e à Câmara Municipal.

O acordo ainda previa a indicação de um petista para ocupar a titularidade de uma Pasta na Prefeitura nos próximos meses.

Sem confirmar a secretaria adjunta e nem dar explicações sobre o assunto, Luciano Agra conseguiu atrair a insatisfação de setores petistas que já iniciam um movimento para reforçar a candidatura própria do partido à prefeitura em 2012.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.