Raniery Paulino pretende expandir o Ficha Limpa também na Assembleia

O deputado Raniery Paulino, líder do PMDB na Assembleia Legislativa, não descartou ampliar sua proposta da lei da Ficha Limpa também como critério para a nomeação de cargos de confiança de setores no Legislativo Estadual. Ele apresentou na última quarta-feira um projeto de lei que proíbe no Governo que pessoas condenadas por crimes ocupem cargos de secretários, diretores e auxiliares da administração.

Paulino declarou que tanto o Poder Legislativo como o Executivo precisam dar bons exemplos e só empregar servidores com vida ilibada, limpa e que não tenha cometido crime algum. “Então, essa proposta vai moralizar, de uma vez, o serviço público, de um modo geral”, afirmou.

Ao ser questionado se na Casa de Epitácio Pessoa existiam funcionários, em cargos de confiança, condenados por algum tipo de delito, o peemedebista se esquivou, não quis polemizar e comentou apenas que não tinha nenhum conhecimento sobre o assunto.

Raniery defende que, além da Assembleia Legislativa, a medida seja estendida também para todas as prefeituras e câmaras municipais da Paraíba. “Isso é uma tendência não só para impedir que políticos corruptos continuem na vida pública como também para impedir que as más pessoas ingressem no serviço público através de cargos de confiança. Ora, para se fazer um concurso público e assumir o cargo, precisamos ter uma vida ilibada, sem ter praticado nenhum crime”, disse.

Na Assembleia Legislativa, a proposta deverá ser apresentada, segundo ele, por meio de projeto de resolução.
 

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.