Raniery entrega liderança da Oposição e acende especulação sobre aliança com João

O deputado estadual Raniery Paulino (MDB) entregou hoje a liderança da Oposição na Assembleia Legislativa. A atitude acendeu as especulações sobre um possível acordo com o Cidadania, do governador João Azevêdo, para apoiar o nome do pai do deputado, ex-governador Roberto Paulino (MDB) para a prefeitura de Guarabira. Na carta em que declina da condução da Oposição, Raniery diz que sua motivação foi a política de alianças de seu partido em Guarabira.

Confira a carta de Raniery Paulino:

“Estou no meu quarto mandato na ALPB. Sou grato aos paraibanos pela confiança, especialmente aos meus conterrâneos de Guarabira e meu único partido, o MDB.

Considerando a decisão do MDB de Guarabira em formular a política de aliança com os partidos de oposição local.

Considerando que coube a Roberto Paulino, meu pai e líder maior, a condução do processo eleitoral em Guarabira.

Manifesto minha decisão de entregar a liderança da bancada de oposição na ALPB em respeito à decisão do MDB de Guarabira.

Renovo minha gratidão aos colegas pela confiança e registro que busquei oferecer o meu melhor para corresponder esta missão.”

Até a celebração do especulado acordo, o Cidadania havia apresentado a pré-candidatura de Beto Meireles à prefeitura de Guarabira, cidade cujo gestor atual é Marcus Diogo (PSDB), que era vice de Zenóbio Toscano (PSDB), falecido no dia 14 de junho.

O ParlamentoPB tentou contato com o deputado Raniery Paulino, mas ele não atendeu às ligações e nem respondeu às mensagens e chamadas pelo WhatsApp.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.