Raíssa reúne vereadores e quer acionar MPE contra aumento na Zona Azul

A vereadora pessoense Raíssa Lacerda anunciou hoje que vai se reunir com outros sete parlamentares amanhã à tarde para discutir as estratégias que vão adotar como reação ao aumento de 30% na taxa de estacionamento Zona Azul, implementado desde ontem na capital paraibana. Raíssa admitiu que a intenção é recorrer ao Ministério Público Estadual para barrar o reajuste.

"Não houve aumento nem parecido do salário mínimo. Esses 30% pesam no orçamento do cidadão e nós queremos inibir esse reajuste. Vamos ao Ministério Público para reclamar", disse a parlamentar.

Como explicação para a mudança de preço, a Superintendência de Transportes e Trânsito (STTrans) informou que o novo valor foi estabelecido porque há 12 anos não havia reajuste no preço do serviço e, além disso, desde que a empresa começou a operar com novo contrato, isso em 2006, foi registrado um aumento de 30,61% do salário mínimo e de 24% no valor do vale transporte.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.