Raimundo Lira: “A CPMF é o imposto mais estúpido do mundo”

O ex-senador Raimundo Lira criticou a intenção do governo de recriar a CPMF. Ele disse que há uma unanimidade no mundo empresarial contrária à criação do imposto. “Todos os analistas consideram a CPMF o imposto mais ridículo do mundo”, afirmou Lira, que também é empresário.

Segundo Raimundo Lira, o importante para o funcionamento da economia de um país é que o dinheiro circule. “E a CPMF é justamente um imposto que incide sobre a circulação do dinheiro. Por isso é que ele é considerado o mais estúpido para a economia de qualquer país”.

Diante desta análise, ele afirmou ser importante para os deputados ouvir a classe empresarial, antes de decidir pela recriação da CPMF. “É importante que a Câmara não crie a CPMF ou outro imposto parecido”.

Ele lembrou o bom momento econômico por que passa o país e que, se não fisse a crise, o cenário seria ainda melhor. “Desde a redemocratização o ano mais proveitoso para o Brasil, em termos de economia, foi o de 2008. E é porque ainda tivemos uma crise. Se não fosse ela, o ano seria ainda melhor”.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.