Quintans convida Secretário da Segurança para sessão especial

A Secretaria Estadual de Segurança e Defesa Social vai estar presente na sessão especial da Assembleia Legislativa, a ser realizada no próximo dia 27, no Centro de Convenções Cidade Viva, para debater as ações e programas de prevenção, recuperação de usuários e repressão qualificada às drogas no Paraíba. A informação foi prestada pelo deputado Francisco Quintans (DEM), após ter sido recebido em audiência pelo secretário executivo da pasta da Segurança, Raymundo Silvany, que se comprometeu em participar do evento.

O deputado Francisco Quintans informou também que o secretário Silvany se comprometeu ainda em levar ao evento o delegado titular da Delegacia de Entorpecentes, Alain Murilo, considerado expert no assunto tema da sessão especial. “O secretário executivo Raymundo Silvany recebeu com atenção o convite do Poder Legislativo. Mais do que isso, se comprometeu em participar da sessão especial”, declarou Quintans.

Na ocasião, o secretário Raymundo Silvany revelou que apenas não estará presente na abertura do evento, devendo chegar uma hora após o início da sessão, porque vai participar, juntamente com o secretário estadual da Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima, de um encontro na cidade de Natal, no Rio Grande do Norte. “No dia 27 deste mês vou estar em Natal, logo cedo, mas voltarei a tempo para participar da sessão especial. Mais do que isso, quero levar comigo o delegado Alain Murilo que, com certeza, vai contribuir muito com o debate”, garantiu Raymundo Silvany.

Segurança – Na oportunidade, o deputado Francisco Quintans fez algumas reivindicações voltadas para o reforço da segurança na região do Cariri Ocidental, principalmente na área de fronteira com Pernambuco. Quintans estava acompanhado do prefeito da cidade de São Sebastião do Umbuzeiro, Chico Neves, que, na  ocasião, solicitou a volta da patrulha móvel na região de fronteira.

Sobre o assunto, o secretário executivo Silvany informou que o Estado estará em breve implantando a denominada “Patrulha Rural”. “Temos consciência do problema delicado na área de segurança nas regiões de fronteira e estamos atentos. Prova disso é que estaremos em breve implantando a patrulha rural no Estado”, revelou.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.