Quatro conselheiros votam a favor das contas de Ricardo

O julgamento das contas de 2012 do governador Ricardo Coutinho (PSB) continua na noite desta segunda-feira, 27. Até agora, quatro votos foram pronunciados e todos a favor da aprovação: o relator, Arthur Cunha Lima; e os conselheiros Arnóbio Viana, Nominando Diniz e Fernando Catão, que se descreveu como "um novato" na apreciação de balancete anual de Governo.
 
O conselheiro Catão fez ressalvas em relação ao que considerou altos níveis de inadimplência nos programas de microcrédito operados pelo Governo, bem como à ausência de prestação de contas das prefeituras que aderiram ao Pacto pelo Desenvolvimento Social.
 
O Ministério Público do TCE havia opinado pela reprovação das contas, alegando problemas, por exemplo, nos gastos com Comunicação Social. O entendimento mereceu um comentário crítico de Fernando Catão: "Eu discordo porque gasto de publicidade é prioridade no mundo real. No último ano eleitoral só se pode gastar a média dos anos anteriores. É assim que funciona. Acelera-se em anos anteriores para poder usar a média no ano eleitoral e não adianta florear".
 
O conselheiro Umberto Porto está proferindo seu voto neste momento: "Pretendo abreviar meu voto", prometeu ele.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.