PT de Campina Grande emite nota de repúdio a Ricardo

A Executiva Municipal do PT de Campina Grande, presidida por Alexandre Almeida (foto) se reuniu na noite da última sexta-feira, 11, e elaborou uma nota de repúdio aos primeiros atos administrativos do governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB). Os petistas campinenses se referiram de maneira crítica à exoneração dos servidores temporários, ao corte de gratificações dos funcionários efetivos, cujo teto foi estabelecido em R$ 500 e à demora na nomeação de diretores de escolas eleitos pela comunidade escolar.

"Não são os professores, os prestadores de serviço, os pro tempores, os policiais e muito menos a população que precisa de escola pública, saúde e segurança os responsáveis pelo tão propagado ´desequilíbrio fiscal do Estado´", diz a nota, que ainda reservou um espaço para prestar solidariedade ao deputado estadual Frei Anastácio (PT) que foi ironizado pelo secretário chefe de Governo, Walter Aguiar, durante um ato público promovido pelos policiais em prol do pagamento da PEC 300. Ao pressionar por uma audiência com o governador, o frei foi perguntado pelo colega de partido que cargo ele tinha na polícia.

Confira a íntegra da nota do PT de Campina Grande:

PARTIDO DOS TRABALHADORES DE CAMPINA GRANDE
NOTA

A EXECUTIVA MUNICIPAL DO PT DE CAMPINA GRANDE REUNIU-SE NA NOITE DE SEXTA-FEIRA DIA 11, E APROVOU NOTA DE REPUDIO AOS ATOS DO GOVERNADOR RICARDO COUTINHO (PSB).
CONSIDERANDO QUE:
1- ESSES TRABALHADORES E TRABALHADORAS QUE PERCEBIAM APENAS O SALÁRIO MÍNIMO TIVERAM SUA ÚNICA RENDA ARBITRARIAMENTE SUSTADA NO MÊS DE JANEIRO – PERÍODO DE FÉRIAS COLETIVAS, ESPECIALMENTE DOS PROFESSORES;
2- PROFESSORES EFETIVOS TAMBÉM FORAM PREJUDICADOS COM O CORTE DE GRATIFICAÇÃO INERENTE AO TEMPO DE SERVIÇO E A PROGRESSÃO FUNCIONAL;
3- DIRETORES DE ESCOLAS ELEITOS DEMOCRATICAMENTE PELA COMUNIDADE ESCOLAR ATÉ O MOMENTO NÃO FORAM NOMEADOS;
4- A “PEC DOS POLICIAIS” APROVADA PELA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA E SANCIONADA PELO GOVERNADOR A ÉPOCA ENCONTRA RESISTÊNCIA DO ATUAL GOVERNANTE;
5- OS CIDADÃOS E CIDADÃS QUE POR COMPETENCIA FORAM APROVADOS NO CONCURSO PARA O HOSPITAL REGIONAL ESTÃO IMPEDIDOS DE  TOMAREM POSSE PARA AS RESPECTIVAS FUNÇÕES;
6- RICARDO COUTINHO, OUTRORA DEFENSOR DOS SERVIDORES DEMITIDOS EM MASSA NA GESTÃO DO ENTÃO GOVERNADOR TARCISO BURITY, AGORA ESQUECE OS IDEIAIS REPUBLICANOS E SOCIALISTAS E PENALIZA DE FORMA DESUMANA OS TRABALHADORES COM CORTE DE SALÁRIOS, DEMISSÕES, SUPRESSÃO DE DIREITOS ADQUIRIDOS, SOB O ARGUMENTO DE EQUILIBRAR FINANCEIRAMENTE O ESTADO;
7- NÃO SÃO OS PROFESSORES, OS PRESTADORES DE SERVIÇOS, OS PRO TEMPORES, OS POLICIAIS, E MUITO MENOS A POPULAÇÃO QUE PRECISA DE ESCOLA PÚBLICA, SAÚDE E SEGURANÇA, OS RESPONSÁVEIS PELO TÃO PROPAGADO "DESEQUILÍBRIO FISCAL DO ESTADO".
-DESTA FORMA REITERAMOS A NOSSA SOLIDARIEDADE AOS PRESTADORES DE SERVIÇOS, AOS PROFESSORES, AOS POLICIAIS, AOS CONCURSADOS DA SAÚDE, A TODOS AQUELES QUE VÊM SENDO TRATADO SEM O MÍNIMO DE RESPEITO PELO GOVERNADOR.
-NOS SOLIDARIZAMOS AINDA COM O DEPUTADO ESTADUAL FREI ANASTÁCIO (PT) QUE LEGITIMAMENTE ABRAÇA A CAUSA DOS POLICIAIS, E QUE FOI IRONICAMENTE DESRESPEITADO PELO SECRETÁRIO DE GOVERNO WALTER AGUIAR.  


CAMPINA GRANDE, 11 DE FEVEREIRO DE 2011.
EXECUTIVA MUNICIPAL DO PT DE CAMPINA GRANDE

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.