PSOL diz que Dom Aldo apela em eleições e prefere se aliar aos poderosos

O presidente estadual do PSOL, Fabiano Galdino, afirmou que o arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto deve mesmo entender de apelação nas campanhas políticas no Estado e destacou as relações do religioso com a classe política. “Quem não apela nas eleições? Até o Pagotto tem dado uma forcinha nas campanhas políticas na Paraíba. Sabe-se que diferente de Dom Pelé, Pagotto tem feito apelação normalmente em favor dos poderosos”, comentou, comparando-o a Dom José Maria Pires, arcebispo emérito da Paraíba.
 
“A exibição do beijo gay no guia eleitoral não neutraliza nem contradiz as propostas do PSOL para tornar a sociedade mais justa e igualitária. Ao contrário, a reação diante de tal exibição demonstra que, quem é contra a mera cena de beijo pode ser igualmente preconceituoso com outras manifestações das minorias sociais e sexuais”, ironizou.
 
Segundo Galdino, as bandeiras políticas do PSOL não se resumem às questões dos direitos LGBTs, mas também as incluem. “O PSOL não atira no pé ao defender direitos das minorias sociais, entre elas, os direitos LGBTs; o PSOL também não atira no pé ao firmar sua opção pela defesa dos Direitos Humanos para os mais pobres e vulneráveis”, enfatizou.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.