PRP se reúne e determina retorno de Alcides à oposição a Veneziano

O vereador Alcides Cavalcanti, mais conhecido como Alcides da Weider, foi obrigado a retirar o apoio que anunciara ao prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo (PMDB). É que o partido dele se reuniu ontem à noite no Hotel Village e, por 17 votos contra 6 decidiu que deve permanecer na Oposição. Com isso, o parlamentar fica subordinado à determinação partidária, segundo contou ao Parlamentopb a presidente municipal do PRP campinense, Maria da Luz: "Ele acatou nossa decisão e não tinha como discordar, senão estaria fora do processo. Nenhum filiado pode decidir sozinho. As decisões do PRP são tomadas pelo diretório", disse ela.

Dois integrantes da Executiva Nacional do PRP, além do presidente estadual do partido na Paraíba, João Targino Alves, participaram da reunião de ontem.

Segundo Maria da Luz, Alcides já concedeu entrevista no dia de hoje a emissoras de rádio de Campina Grande anunciando a mudança de seu posicionamento na Câmara Municipal.

"Nossa decisão está lavrada em ata. Não aceitamos posições isoladas de nossos vereadores. É preciso escutar o diretório", disse Maria da Luz.

Alcides foi anunciado como adesão estratégica ao bloco de Veneziano no último dia 22 de maio. Naquela ocasião, Alcides da Weider chegou a afirmar que a oposição em Campina Grande era burra. Com o apoio do vereador, o prefeito passaria a ter maioria na Câmara. Agora, esse placar ficou revertido e as dificuldades para aprovar matérias no legislativo municipal se mantém.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.