Protesto de populares gera tensão entre Raíssa e Sandra

Um grupo de populares ocupou hoje de manhã a galeria da Câmara Municipal de João Pessoa para cobrar melhorias na infraestrutura do bairro de Mandacaru. Com faixas e palavras de ordem, eles reclamaram de ruas esburacadas e da existência de esgoto a céu aberto, a exemplo do que acontece na Travessa Rodrigues Alves. O assunto, de reclamação corriqueira, se transformou em motivo de briga dos vereadores Raíssa Lacerda (DEM), Jorge Camilo (PT) e Sandra Marrocos (PSB).

Raíssa, defendendo o ponto de vista dos moradores, chegou a exibir fotos de buracos e lama verificados em Mandacaru e informou que esteve no bairro no último sábado. A colega Sandra Marrocos tentou defender a prefeitura e dizer que também visitou o bairro e conferiu as reclamações. Ela, contudo, foi interrompida pelas vaias dos populares e insinuou que Raíssa estaria estimulando o protesto:

"Não estou querendo aparecer nem causar confusão. O que eu quero é solução. Eu fui bem votada no bairro, apesar de não ter sido majoritária como foi Jorge Camilo. Existe uma democracia e isso me permite reclamar. Não pedi para que ninguém vaiasse os colegas ou faltasse com respeito a qualquer colega, muito menos a Sandra Marrocos. Não quero desmerecer o trabalho de Jorge e nem de Sandra", afirmou Raíssa.

Já o vereador Jorge Camilo atribuiu os problemas de Mandacaru à Cagepa: "Os problemas não são apenas de competência do Município, mas também da Cagepa. Já entramos em contato com o presidente do órgão, José Edísio Souto, e pedimos que essas falhas sejam corrigidas. Estamos aguardando".

Depois de muita polêmica e bate-boca foi marcada uma audiência pública em Mandacaru no dia 1º de junho.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.