Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Promotoria de Sousa quer garantir medicamentos a carentes

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Trinta e cinco ações civis públicas foram impetradas pela Promotoria de Defesa da Saúde de Sousa para garantir medicamentos aos hipossuficientes. As ações foram contra o Município e o Estado, através das Secretarias de Saúde, e em alguns casos a Justiça concedeu liminar.

De acordo com a promotora de Justiça Ana Carolina Coutinho Ramalho Cavalcanti, num primeiro momento, a promotoria tentou entendimento com a Secretaria Municipal de Saúde e com o 10º Núcleo Regional de Saúde, para que fornecessem os medicamentos aos hipossuficientes, mas não conseguiu um acordo. Diante da situação e da urgência, a promotora da saúde de Sousa decidiu impetrar as ações de forma a garantir na Justiça o direito aos postulantes dos medicamentos.

Segundo relatou, tanto a Secretaria Municipal de Saúde quanto o 10º Núcleo Regional de Saúde justificaram para não fornecer os medicamentos o fato dos mesmo não fazerem parte da lista do Centro Especializado de Dispensação de Medicamentos Excepcionais (Cedemex) e do Programa de Atenção Básica.

“Os medicamentos são, em sua maioria, muito caros e essas pessoas não têm condições de comprá-los. Por exemplo, uma das ações é referente ao fornecimento de latas de leite para uma criança que tem problemas com lactose. E o preço de uma lata desse leite é de R$ 450,00. Essa ação já teve a liminar deferida e essa criança poderá receber, já de imediato, o leite para a sua alimentação”, relatou Ana Carolina.

As ações civis públicas buscam garantir medicamentos para o tratamento de câncer, glaucoma, epilepsia, problemas de coração, crianças com intolerância a lactose, entre outras doenças crônicas e que exigem tratamento constante.

 

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Arthur Urso leva “esposas” para passear sem roupa íntima na orla de João Pessoa

Professores da UFPB desistem de candidatura e apoiam Terezinha e Mônica

Anteriores

f6e0316c-7fcf-455c-97a6-45997afb091b

Relatório de Efraim à PEC que criminaliza o porte de drogas é aprovado no Senado

camaradiasdavila

Vereadores de município baiano aprovam reajuste de R$ 0,46 para professores

chuvasjp (2)

João Pessoa tem média de 29 mm de chuvas em 24 horas, mas sem ocorrências graves

alpbabre (1)

ALPB garante acompanhantes para mulheres em procedimentos médicos com sedação

odonecico

Sancionada Lei que proíbe fogos de artifício com estampido em João Pessoa

1713220734661dac7e30ef1_1713220734_3x2_lg

Unimed manda cancelar plano de saúde de idosa de 102 anos

alph-ufpb (1)

Caso Alph: Ex-namorada é julgada pela morte de estudante da UFPB

Unimed JP 1

Unimed JP abre seleção para médicos atuarem em unidade de serviço domiciliar

Gervásio Maia, deputadoo

Projeto de Gervásio quer garantir fornecimento gratuito de repelentes para inscritos no CadÚnico

Vitor Hugo e Wallber Virgolino

Vitor Hugo diz que se Wallber entrar em bairro de Cabedelo será metralhado; deputado reage