Promotoria apura falta de posto de saúde no Aeroporto Castro Pinto

A Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde de Santa Rita instaurou um procedimento preparatório para apurar possíveis irregularidades na garantia do direito constitucional à saúde referente à falta de posto de saúde no Aeroporto Castro Pinto, localizado entre Santa Rita e Bayeux.
 
Segundo o promotor de Justiça Manoel Serejo, o procedimento foi instaurado devido às notícias veiculadas na imprensa sobre a morte de uma idosa de 81 anos ocorrida na madrugada da última quinta-feira (11), no saguão do aeroporto, após sofrer infarto. Uma equipe do Samu chegou a ser chamada e trabalhou para reanimar a idosa, mesmo assim ela não resistiu e morreu no local.
 
Uma audiência para tratar da questão foi designada para a próxima quinta-feira (18), às 15h, na sede da Promotoria de Santa Rita. Foram convidados para a audiência o superintendente da Infraero, os secretários de Saúde de Santa Rita e Bayeux e representante do Samu.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.