Promotores eleitorais terão auxiliares no segundo turno

Trinta e um promotores de Justiça irão auxiliar os promotores eleitorais, em todo o Estado da Paraíba, durante o segundo turno das eleições neste domingo (31). Segundo o procurador-geral de Justiça, Oswaldo Trigueiro Filho, será mantido o mesmo esquema utilizado para o primeiro turno e que garantiu a tranqüilidade do pleito.

“Será o mesmo esquema, com promotores auxiliares, naquela mesma dinâmica. Foi publicado edital no nosso site, para que os promotores eleitorais pudessem requerer, demonstrar a necessidade de um apoio, e aí a indicação pelo critério da antiguidade e regional Então, está sendo atendido da mesma forma”, destacou Oswaldo Filho.

O procurador-geral informou que a votação no próximo pleito deverá ser ainda mais rápida e tranqüila, face a redução na quantidade de candidatos e que a tendência é que domingo seja um dia sem maiores percalços. Ele ressaltou ainda que estará de plantão, com o secretário-geral de Justiça, Bertrand Asfora, todo o domingo na sede da Procuradoria-Geral de Justiça.

“Vamos estar, eu, o secretário-geral e alguns colegas promotores, aqui de plantão o dia inteiro para qualquer necessidade, qualquer problema, nós estaremos aqui para dar apoio ao trabalho que está sendo feito em todo o Estado da Paraíba. Queira Deus que nada de grave aconteça, mas estaremos aqui, na retaguarda e também em contato direto com o doutor Werton Magalhães”, disse.

Orientação – Oswaldo Filho ressaltou ainda que, como orientação para o segundo turno, os promotores possam fazer aquilo que já fizeram. “São todos extremamente amadurecidos no enfrentamento. Não é a primeira, nem a segunda, nem a terceira eleição que todos enfrentam. A confiança é absoluta nos promotores, de que farão um grande trabalho, haja visto porque sempre têm demonstrado equilíbrio, maturidade, no enfrentamento de questões, que às vezes se apresentam agudas no dia a dia de um promotor eleitoral”.   

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.