Promotor nega ter acusado vereadores de envolvimento com tráfico

O promotor de Justiça da Comarca de Santa Rita, Manoel Serejo, negou hoje ter feito acusações contra integrantes da Câmara Municipal de Santa Rita de envolvimento com o tráfico de drogas, conforme noticiado pela imprensa local. Na realidade, ele informou que pretende realizar uma audiência pública para discutir uma forma de combater a violência que crescido no município com a participação da Câmara, do 7º Batalhão de Polícia Militar e dos delegados da comarca.

Segundo o promotor, o número de mortes de jovens e adolescentes, entre às 12 e 4h da manhã, por causa do tráfico de drogas tem aumentado nos últimos meses. Uma propostas do promotor é criar um projeto de lei disciplinamento o horário de funcionamento dos bares de Santa Rita. “Em nenhum momento, eu citei ou acusei vereadores. Quero realizar a audiência e contar com a participação da Câmara”, concluiu o promotor.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.