Projeto que autoriza remanejamento de verba chega à AL e atrasa sessão

Como o Parlamentopb antecipou ontem, chegou hoje à tarde à Assembleia Legislativa o projeto do Governo que autoriza o remanejamento de até R$ 17 milhões – anteriormente previstos para a construção de uma nova sede do poder legislativo – para compensar as perdas decorrentes do bloqueio da verba social.

A ordem do dia, contendo as matérias que iriam a votação na tarde de hoje, foi impressa sem conter o projeto do Governo e teve que ser reimpressa para contemplar a matéria. Por causa disso, a sessão, que normalmente começa às 14h30, foi atrasada e somente teve as votações a partir das 16 horas.

O comparecimento também foi atípico para uma quinta-feira, véspera de realização de sessão especial em Cajazeiras. Hoje, por causa da votação do remanejamento, 28 deputados estiveram em plenário. O clima também melhorou, com direito a piadas, até mesmo por parte do presidente da Assembleia, Arthur Cunha Lima (PSDB), normalmente sisudo na condução dos trabalhos.

Estão na sessão os deputados Arthur Cunha Lima, Manoel Ludgério, Romero Rodrigues, Antônio Mineral, Pedro Medeiros, João Gonçalves, Carlos Dunga Júnior, Olenka Maranhão, Gervásio Filho, Trocolli Júnior, Raniery Paulino, Dr. Verissinho, Ivaldo Morais, Jeová Campos, Francisca Motta, Márcio Roberto, Expedito Pereira, José Aldemir, Guilherme Almeida, Jacó Maciel, Assis Quintans, Socorro Marques, João Henrique, Quinto de Santa Rita, Fabiano Lucena, Leonardo Gadelha, Branco Mendes e Ricardo Marcelo.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.