Projeto facilita estudo de deficientes visuais para concurso

O vereador Nelson Gomes (PRP) apresentou projeto de lei na Câmara Municipal de Campina Grande que dispõe sobre o acesso ao conteúdo programático das provas de concursos públicos quando realizadas por pessoas portadoras de deficiência visual.
 
Dessa maneira fica assegurado às pessoas portadoras de deficiência visual o direito de acesso gratuito ao conteúdo programático das provas quando da realização de concursos públicos no âmbito do Município.
 
O conteúdo programático das provas poderá ser disponibilizado, ou ainda, através do Livro Digital Acessível – LIDA, conforme o portador de deficiência visual.
 
Fica delineado que a deficiência visual será a acuidade visual igual ou menor de 20200 no melhor olho, após a melhor correção, ou campo visual inferior a 20º (tabela de Snellen), ou ocorrência simultânea de ambas as situações. O candidato poderá optar pelo benefício na Ficha de Inscrição.
 
Lançado pela Fundação Dorina Nowill para cegos, o LIDA – Livro Digital Acessível, permite ao leitor cego ou com baixa visão, um amplo acesso à literatura destinada ao estudo e à pesquisa. No formato CD-ROM, é dirigido a estudantes, pesquisadores e profissionais liberais. Oferece ao usuário amplas possibilidades e facilidades na exploração de textos, tanto em áudio como letras ampliadas.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.