Professores municipais rejeitam reajuste e entram em greve

O reajuste de 10% para os professores da rede municipal de ensino, aprovado hoje de manhã na Câmara Municipal de João Pessoa, foi rejeitado pela categoria. Os docentes se reuniram em assembléia no final da tarde no Lyceu Paraibano e decidiram entrar em greve a partir desta quarta-feira, 29, exigindo que os salários sejam aumentados em 20%.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de João Pessoa (Sintem/JP) informou que a decisão da categoria de cruzar os braços seria comunicada ainda nesta terça-feira à Prefeitura para que fosse agendada uma audiência com o prefeito Ricardo Coutinho (PSB). Ele ainda reclamou que os aposentados não seriam contemplados com o benefício.

A rede municipal de ensino tem aproximadamente 75 mil alunos.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.