Processo de Guilherme Almeida será relatado pela juíza Niliane Meira

O processo movido pelo deputado estadual Guilherme Almeida já tem nova relatora. Na tarde desta quarta-feira, segundo informações da Secretaria Judiciária do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, ele foi redistribuído para que a juíza federal Niliane Meira possa aprecia-lo. A mudança na relatoria se deu por causa da averbação de suspeição feita pelo desembargador Nilo Ramalho, após informações divulgadas pela imprensa de nomeação de um dos filhos dele para cargo na Prefeitura de João Pessoa.

De acordo com o TRE, a juíza federal não tem prazo para a emissão de parecer no pedido de Guilherme Almeida para se desfiliar do PSB por justa causa. O parlamentar alega que foi impedido pela legenda de assumir a Secretaria de Interiorização do Governo do Estado. Guilherme se declarou aflito por causa da mudança de relatoria porque tem até setembro para decidir seu futuro partidário.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.