Primo de Cássio é morto em assalto em Campina Grande

O comerciante Severino da Silva Moura, 45, foi assassinado na tarde de ontem durante um assalto, ocorrido no escritório da Moura Gás, localizado na rua Vigolvino Wanderley, no bairro da Conceição, na área central de Campina Grande. O crime foi às 14h30 quando a vitima, já dominada pelos marginais, abria o cofre. Num momento de nervosismo, um dos ladrões atirou em direção ao comerciante – que era primo em segundo grau do ex-governador Cássio Cunha Lima -, acertando-lhe no tórax.

De acordo com a polícia, “Mourinha”, como era mais conhecida a vítima, estava em seu estabelecimento comercial, um ponto de venda de gás onde também funciona uma galeteria. O comerciante estava no escritório quando foi abordado por dois homens e estes anunciaram o assalto. Moura alegou não ter dinheiro, disse que já tinha feito o caixa, mas os bandidos, aos gritos, ordenaram que ele entregasse o dinheiro que havia no cofre.

O comerciante estava tentando acalmar os ladrões e abrindo o cofre quando um deles, descontrolado, efetuou o disparo a curta distância, atingindo a vítima no tórax. “Mourinha” ainda foi socorrido para o Hospital Regional, mas já chegou morto. Os marginais fugiram sem levar dinheiro, na rua eles assaltaram um taxista e seguiram em uma moto Tornado vermelha. A polícia efetuou diligências, mas não conseguiu localizar os assassinos. O ex-governador Cássio Cunha Lima no final da tarde lamentou o ocorrido pelo Twitter.

A morte de Severino da Silva Moura foi o primeiro homicídio do ano em Campina Grande. Ele estava trabalhando e havia encerrado o expediente na Galeteria, quando surgiram os bandidos. “Mourinha” estava sozinho no momento da abordagem.

Um frentista do Posto de Combustiveis Cem Réis disse que viu dois homens correndo a pé que pegaram uma moto Tornado vermelha sem placas. A vítima era casada e tinha dois filhos. O corpo esta sendo velado em Campina Grande até as 10h e será levado para Guarabira.

Luto – O ex-governador Cássio Cunha Lima comentou o assassinato de Mourinha no Twitter. "Tive uma noticia terrível. Mourinha meu primo que trabalhou com a minha família desde do tempo da Prefeitura Municipal de Campina Grande foi assassinado. Na impossibilidade de fazê-lo, confiei a Mourinha, por muito tempo, a tarefa de deixar e pegar meus filhos na escola".

com Correio da Paraíba

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.